Visita do S.O.S Nascentes em Porto da Folha e Ilha do Ouro-SE, um lugar lindo, acolhedor e pitoresco!

Em recente viagem à Sergipe, nas margens do Rio São Francisco, encontramos um lugarzinho lindo e pitoresco, segundo Rosana Arruda, pesquisadora e educadora baiana que tem colaborado muito nos projetos do SOS NASCENTES, que se chama Ilha do Ouro, próximo de Porto da Folha. Tem pousada simples, mas muito limpa, restaurantes, barzinhos às margens do rio e passeios de barco. Fizemos a travessia de Sergipe para Alagoas em um barco de um pescador que tem energia solar. Fomos informados que vários outros também possuem estas placas solares, mas que o governo não dá incentivo nenhum, são recursos próprios deles.
Um dedinho de prosa logo pela manhã, com moradores de Porto da Folha foi o suficiente para  descobrir  porque que a cidade tem este nome.  Quando  os  portugueses  chegaram no porto,  pela primeira vez,  perceberam a enorme  quantidade de folhas em suas águas,  por isso então,  lhe deram este nome.
Camara Municipal de Porto da Folha
Uma linda manhã para colocar o “papo em dia” com o Grande Criador do Universo, na Igreja de Porto da Folha
Rua principal de Porto da Folha, antes de abrir o comércio.
É assim,  o despertar do dia!
Parada para um delicioso café da manhã, em casa de Conceição Galvão
Abastecendo as energias num delicioso café da manhã!
Doce acolhida, mas é hora de seguir para Ilha do Ouro!
Igreja dos Prazeres, Ilha do Ouro
 Porto- Ilha do Ouro
Genivaldo Galvão, Antonio Pereira, Conceição Galvão  e Rosana Arruda
Helena Bernardes, Coordenadora de Projetos  S.O.S NASCENTES.ORG,  com Conceição e Genivaldo
 Aqui,  tudo pode, até banho em cavalos
 Pose para registrar o grande encontro em Sergipe, na Ilha do Ouro
(Foto: Rosana Arruda)
 Fazendo novos amigos!
 Momento de lavar o corpo e alma nas águas do Velho Chico
Bastou fazer uma travessia de barco e pronto, eis aí também as águas alagoanas
A água do Velho Chico neste local é morna, limpa e não há  lixo jogado nas margens  do rio. É necessário fazer pesquisas mais aprofundadas do local para saber quais os projetos ambientais do município, pois não há mata ciliar. A nossa equipe  foi levada ao local pela professora Conceição Galvão, nascida e criada na região, que desenvolve projetos de educação ambiental na escola da qual é coordenadora e que se dispôs também a ser uma colaboradora nossa na região.
 
Nossos aplausos para mais esta integrante do SOS NASCENTES!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s