HEIII !! VC AÍ…. PSIUUUUUU !!!! VC MESMO(A)………


Gostaria só uns minutos de sua atenção, vim aqui para tentar colocar algumas palavras que diz respeito a este gaúcho matreiro e teimoso, sonhador, mas de grande valor! Ahhhhhhhhh, espere, preciso me identificar, pois uma pessoa sem identificação, aqui no sul, chamam de “chimbo”, sem identidade, e como morador da fronteira, seria uma pessoa morta do lado vizinho(Argentina), rsrsrsrs!!! Moro em São Borja, RS, fronteira com o vizinho País, e se posso nem vou para o lado de lá! Lembro quando faziam o exame de próstata(com o contato dedal), rsrsrs, mas só lembro, e aqui na cidade fronteiriça com a minha tem a cidade de San Thome(sem acento no “E”), tem na entrada da cidade uma estátua de um índio, e ele tem um dedo tão grande, que vinha pessoas de outros estados fazerem o exame com ele, que a população da cidade quase dobrou….. rsrsrsrs, bom sei que a história não interessa a nós aqui do blog, então quero falar um pouco de mim e de uma primeiro contato com vc(s), ok????? Meu nome, até hoje, é: Paulo Rony Rodrigues Molinos, professor de Educação Física, tenho 50 anos e 7 meses(hoje), nasci em 16/06/1961, data e números misteriosos, gosto muito de praia, campo, e olhar as borboletas coloridas nas tardes de primavera, ahhhhhhhhh e não faço rascunho de minhas palavras, estou aqui agora digitando o que vem na minha cabeça, se por acaso tiver erros de ortografia ou de digitação, me perdoem, meu tempo é pouco e não não redator, rsrsrsrsrs!!!!!! Fui convidado por uma grande amiga “desconhecida”, ainda não a ví pessoalmente, mas a confiança me fez abrir as portas de minha cultura, “me chamam de grosso e não tiro a razão(Gildo de Freitas)”; minha amiga Helena Bernardes, te adoro amiga e parceira de escritas incríveis!!!! Quero para início de conversa, ahhhhhhh, esqueci, sou solteiro, rsrsrsrs, dizer que vou contar histórias criadas e vindas desta cabecinha sonhadora, contarei em partes(tipo novela), em capítulos, pode ser?????????????????????? Pois bem, já que ninguém reclamou vou dar umas boas vindas a quem se atrever a ler minhas malukices(verdadeiras)!!!!!!!

O MEU ENSINAMENTO…..
São muitos caminhos, muitas estradas e muitos espinhos. Não podemos pensar e muito menos esperar por um mar de rosas. Afinal, nós escolhemos por livre decisão, sabendo de nosso compromisso e de nossa responsabilidade com nossas crianças, com nossos educandos. Em se falando em juventude e adolescência, nós (professores) devemos cumprir com nossa missão, que é o de “EDUCADOR”!
Muito interessante, mas muitas vezes nos deparamos com dificuldades em nosso cotidiano. O caos que nós enfrentamos em nossas escolas, nem por isto devemos lamentar, e sim irmos ao encontro dos problemas, pois a solução deles está inserida dentro de nós (profissionais da educação), não podemos viver de “lamentos”. Temos que usar, além de tudo, de nossa competência, criatividade e de nossa realidade!
Trabalhei, lembro bem, em uma escola particular CSCJ (Colégio Sagrado Coração de Jesus), escola de freira, mas sexta-feira Santa, elas tomavam vinho (nada a ver, rsrsrsrs), ministrando aulas e com treinamento da Equipe de Voleibol Infantil Feminino, meninas entre 12 e 14 anos, altura entre 1m60cm a 1m75cm, tenho orgulho, pois daquela equipe, tem 3 meninas formadas em Educação Física e todas as outras na área de direito, fisioterapia e publicidade, isto é um orgulho que atinge meu coração, que quando falo as lágrimas correm em meu rosto queimado por este sol fronteiriço e com cheiro de poeira!
É gratificante, pois, você vê o resultado, mesmo depois de tudo ter se dispersado, pois cada um(a), seguirá o caminho e seu destino! Só que devemos ter o cuidado e atenção, nunca esquecendo, estamos trabalhando com jovens, adolescentes, e o resultado todo será carimbado por nós, se for ótimo, parabéns, mas se for negativo, houve erro, então “CONSERTE”!!!
Então, é só colocarmos em prática a nossa visão de educador, o nosso compromisso, que os resultados virão!
Sempre tive em meu pensamento, que educador, não é para qualquer ser humano, pois isto, é um DOM que DEUS nos deu. Devemos abraçar sim, esta questão, pois nossas crianças nos esperam; façam com que elas depositem confiança em nós educadores!
Gostaria de deixar bem claro, a todos(as) o(a)s profissionais de educação, principalmente aos profissionais do esporte, que não abandonem esta maravilha, que trabalhem com seriedade e amor ao educando(aluno(a)), pois nossa “missão” ainda não acabou!

Paulo Rony R. Molinos

Obrigado, agora vcs me deram a chance, me aguentemmmmmmmmmmmm, rsrsrsrsrsrsrs….
Abraçosssssssssssssssssss!!!!!

2 thoughts on “”

  1. Querido Paulo, bemvindo!Descobri agora, que tenho o dom também de descobrir talentos. Fiquei fascinada com seu jeito de escrever, me faz lembrar uma menina de cinquenta anos atrás, que começou contando histórias em cadernos de arame, daqueles antigos, rabiscando com lápis e quando não tinha borracha, rasgava a folha, jogava fora e começava udo de novo.Tenho certeza que nossos queridos leitores vão se deleitar com suas "maluquices escritas", como você mesmo diz.Estou me sentindo honrada com você aqui, em Histórias que a vida conta, e agora mais do que nunca, haja histórias para serem registradas.Grande beijo, meu querido amigo, e vamos lá, temos muito o que contar ainda!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s