CANTO DA POESIA

O POETIZADOR

MANIPULADOR DE EMOÇÕES

Caneta deslizando sobre o papel,
Tentativa de controlar a memória,
Juiz, vítima, jurado e réu,
Reunidos num só personagem da história.

Agora com o cetro nas mãos
O poeta vai da desgraça ao apogeu,
Cria a quinta estação,
Ora é diabo, ora é Deus.

É asa para cavalo alado,
É ombro de verdadeiro amigo,
É sapo que vira príncipe encantado,
É flecha de romântico cupido.

AUTOR:Eduardo de Paula Barreto

AMAR E BOM DEMAIS
Autor: Jades Cardoso

Como e bom amar voce
Vejo um lindo amanhecer
Sinto em meu coracao
Mil batidas sem querer

Como e bom amar voce
Vejo o sol sempre brilhar
Quando chega o escurecer
Mais eu quero te amar

Como e bom amar voce
Sinto e lua a clarear
Quando chega o amanhecer
Com voce quero ficar

Como e bom amar voce
Nao da vontade de parar
Acho que vou enlouquecer
So de pensar em lhe deixar

Como e bom amar voce
Mesmo sendo uma iluzao
O amor da de comer
Alimenta nosso coracao

Autor:Jades Cardoso…………..http://www.poetaimigrante.com/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s