História de uma nascente – Rio Piracanjuba

Um pequeno olho d’água , com toda sua fragilidade, um dia encontrou uma mata acolhedora e frondosa e com sua permissão, pela terra jorrou. Deus, e muitos anjos, dele cuidou. Ainda jovem, teve vigor para suportar os descasos do homem imprudente e as intempéries da natureza dentro desta pequena mata. Com insistência, desvendou inexplicavelmente os segredos da terra. Teve como recompensa a alegria de pequenos braços e tranformou-se um córrego chamado Piteira. Aliou-se a outro que como ele teve o mesmo destino , que chamam Piracanjubinha e juntos, se transformaram em um caudaloso e grande rio… O Piracanjuba. Enquanto jorra pela terra, muitos não lhe dão o devido valor. Depois de morto, quem sabe, tudo farão para vê-lo correr livremente pela terra novamente e receber dele, um banho doce e refrescante para aliviar o corpo cansado das labutas do dia, ou algumas gotinhas para aliviar a secura na garganta.
Esta é a história de um olho d’água que chamamos de NASCENTE DO RIO PIRACANJUBA !

Vejam, caros leitores, o que presencie em minha última visita nesta nascente. O corte de árvores para retirar mel.
Fui informada pelos moradores locais que há uma grande quantidade de cortes delas, para fazerem cabo de enxada e estaleiros para hortas e lavouras.
Estamos a procura de novos “Anjos da natureza” para nos ajudar a preservar esta reserva de recursos hídricos.
Vamos nos unir… Se não tomarmos atitude agora, um dia pagaremos um preço muito alto por este descuido com a NATUREZA .

A hora é agora, vamos agir!

Helena Bernardes

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s